O processo galvânico

Você está interessado em empreender no setor de joias folheadas e saber tudo sobre o processo de banho perfeito?  Então tá no lugar certo! Todas as etapas do processo galvânico foram descritas pelo Douglas Cantanhede, responsável técnico pela Ofir Galvanoplastia.

Vamos lá?

O que é Banho?
(ou processo galvânico / galvanoplastia)

É o processo de aplicação de metais preciosos (ouro, ródio, prata, entre outros) em peças brutas, feitas com ligas não preciosas (latão, cobre, zamac, entre outros).

O metal precioso é o acabamento final que habilita a peça para uso humano e protege contra corrosão e oxidação, tornando a joia folheada mais resistente e evitando problemas para a saúde.

A durabilidade do banho depende muito da qualidade e quantidade do material que se é usado no processo de galvanoplastia. O banho perfeito depende de um trabalho minucioso e que será detalhado nas 12 etapas abaixo.

Os 12 passos para o banho perfeito

1 – Entrega das peças na Galvânica
Você entrega as suas peças na empresa escolhida e elas serão fotografadas / documentadas para controle. O ideal é que você faça uma listagem com descritivo e quantidades de tudo. Isso não é obrigatório, mas será muito útil quando as peças voltarem banhadas para você.

A Elaine Pereira, responsável pelo atendimento da Ofir Galvanoplastia, diz o seguinte:

Para um atendimento mais ágil, é essencial que as peças venham separadas por itens e processos de banho.
Então é interessante que cada “categoria de produto” venha em um saquinho diferente, por exemplo: brincos / anéis / correntes / pingentes e assim sucessivamente. Da mesma forma, os processos de banhos: o que você quer que seja banhado em ouro virá em um saquinho, ródio em outro saquinho e assim por diante. Todo o controle além disso que você achar necessário fazer sempre irá enriquecer seus dados para a nossa e a sua conferência final pós banho.”

2 – Amarração & Disposição
A equipe do banho amarra as peças com fios de metal  e os distribui nas gancheiras (essa peça verde com ganchos na foto abaixo). São vários modelos de gancheiras e cada um se adequa à um desenho de peça, sempre levando em consideração o tamanho e a geometria das suas peças brutas. O Douglas frisa ainda que:

“É muito importante a distribuição correta na gancheira para que as camadas tenham a máxima precisão em todas as peças durante o processo, garantindo uniformidade do metal precioso em todos os produtos.”

3 – Desengraxante (Limpeza)
As peças são limpas em um banho com propriedades desengraxantes. É nesta hora que são retiradas as gorduras e impurezas para que a aderência dos metais preciosos seja perfeita e uniforme.

4 – Ativação Ácida
O metal é ativado: essa etapa é essencial para a aderência do metal precioso sobre a peça ainda bruta.

5 – Cobre alcalino
O Banho de Cobre alcalino é responsável por cobrir as macro porosidades das peças, ou seja as maiores imperfeições de nivelamento. Esse processo confere à peça um aspecto acetinado, conforme a foto abaixo.

6 – Cobre ácido
Em seguida, a peça recebe um outro tipo de banho de cobre, porém em um meio ácido. Esse processo resulta no fechamento das micro porosidades de cada peça. Por ser um procedimento altamente refinado, é nessa etapa que as peças começam a ter um aspecto de “alto brilho”. Após essas etapas, as peças terão características de um polimento manual, normalmente empregados na fabricação de alta joalheria. Depois dessa etapa, as peças estarão prontas para receber o metal nobre escolhido pelo cliente.

7 – Banho Intermediário (“Selante”)

O banho de Níquel foi usado durante muito tempo e ainda é empregado como processo intermediário entre as etapas iniciais e finais do banho completo. Porém com a procura do mercados por peças hipoalergênicas, passou-se a usar processos selantes à base de Paládio, Estanho e Cobalto.

Cada um desses metais tem características e valores diferentes e estão disponíveis atualmente como uma alternativa ao Níquel. A Ofir Galvanoplastia oferece as 4 opções citadas (Paládio, Estanho, Níquel e Cobalto.)

8 – Pré Ouro
Esta é uma etapa importantíssima e que auxilia na aderência dos banhos intermediários. O Pré Ouro é a preparação ideal para que a peça possa receber as camadas finais de ouro.

9 – Folheação a Ouro 18K
É na folheação que determinamos a espessura da camada já previamente escolhida pelo cliente.
Muitos se referem às camadas com o termo “milesimagem” ou “milésimo”, que são as espessuras do metal precioso aplicado. O ouro utilizado neste processo é o Ouro 18K, que é uma liga formada de 75% de ouro e 25% de outros metais.

10 – Cor Final
Uma última camada de Ouro é aplicada com o objetivo de padronizar a cor escolhida pelo cliente, evitando variação de tons na mesma peça. Aqui na página da Ofir Galvanoplastia você pode conferir as cores oferecidas.

11 – Secagem
As joias já folheadas seguem para secagem nas centrífugas, máquinas de alta rotação que retiram a água por processo físico.

12- Controle de Qualidade & Embalagem final
Após a secagem, as peças são separadas e observadas quanto à qualidade final, cor escolhida, padronagem. São embaladas em saquinhos esterilizados e separados e posteriormente enviadas via Correios para clientes de todo o Brasil.

Para ilustrar esse post, nós da Sueli Renê escolhemos algumas peças do nosso catálogo e a Ofir Galvanoplastia banhou as peças em diversas cores. Fotografamos tudo para vocês terem uma pequena noção das cores possíveis, olha que legal:

Essa é a parte 1 do conteúdo que preparamos juntos para os clientes da Sueli Renê.
A parte 2 é um post com as perguntas mais frequentes sobre banho e será publicado em breve.

Gostou desse post? Tem muito mais informação de qualidade, é só clicar aqui:

Pin It on Pinterest